Power BI Query Dependencies

No power query, na aba de View, tem o Query Dependencies. Essa parada é boa pra ver como está a estrutura e relacionamento das suas tabelas (ou suas queries).

Vamos dar uma analisada nesse resultado da imagem abaixo.

O que podemos dizer aqui é o seguinte. A tabela (ou a query) fVendas tá usando como data-source (fonte de dados) um arquivo no meu computador, blz, bem simples.

Já do outro lado, temos um montão de outras tabelas usando como data-source um outro arquivo. Aqui fica um pouco mais complicado, porque veja só:

A tabela Metas ela usa a fonte de dados do arquivo e tem uma outra tabela que usa ela como Referência.

A tabela “Metas – duplicado” é um duplicate da tabela Metas, então tá separada, mas obviamente usa a mesma fonte de dados.

A tabela de “meta – copy paste” é um copy paste da tabela Metas, então meio que duplicou ali a tabela Metas, igual no exemplo acima.

E a tabela “Metas (2)” é um copy paste da tabela “Metas – referencia”. Entao veja, quando eu dei control+c control+v na tabela “Metas – referencia” o power Bi replicou toda estrutura que eu tinha na tabela original. Legal, né!?

Outra coisa importante pra saber sobre esse relacionamento de queries é o seguinte. Toda vez que nós criamos uma referencia à uma tabela o que o Power BI faz por trás eu rodar a tabela origem pra cada referencia que exista.

Então se liga nesse exemplo:

O que acontece aqui é o seguinte… vc acha que só porque a Query 1 tá “load disable” que ela não vai rodar? Muito enganado… Ela não só vai rodar, como ela vai rodar 1x pra cada query referenciada. Ou seja, ela vai rodar quando carregar a Query2, vai rodar denovo quando carregar a Query3 e vai rodar denovo quando carregar a Query4.

Então amiguinhos, cuidado antes de sair criando referência adoidado por aí. Pra saber mais, leia aqui https://docs.microsoft.com/en-us/power-bi/guidance/power-query-referenced-queries.

Publicado por Pedro Carvalho

Apaixonado por análise de dados e Power BI.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: