Azure AZ-900 Describe Cloud Concepts (20-25%)

Acesse a página principal com as informações agrupadas sobre AZ-900 clicando aqui!

Resolvi estudar pra tirar a certificação “AZ-900: Microsoft Azure Fundamentals”, e como de costume, vou compartilhar vocês meus resumos, que uso como base pra estudar para prova!

Se você quer saber todos detalhes da certificação, verifique no site da Microsoft, clicando aqui.

A primeira parte já é uma das mais importantes, com 20 a 25% de peso.

Describe Cloud Concepts (20-25%)

Identify the benefits and considerations of using cloud services

fonte: https://docs.microsoft.com/en-us/learn/modules/fundamental-azure-concepts/benefits-of-cloud-computing

  • identify the benefits of cloud computing, such as High Availability, Scalability, Elasticity, Agility, and Disaster Recovery

    Cloud computing é vantajoso por vários motivos, alguns deles sendo essas características de High Availability, Scalability, Elasticity, Agility e Disaster Recovery.

    High Availability; significa que seu ambiente se mantém disponível, ou seja, imagina num cenário on-premises, onde você instala sua aplicação num servidor dedicado, e aí esse servidor vai e queima ou para de funcionar, lascou. Já na cloud isso não acontece, simplesmente pelo modelo de infraestrutura que existe por trás de uma cloud. No Azure existem as Availability Zones, então se uma zona cair a outra assume, além disso mesmo dentro da mesma zona existem vários servidores de backup distribuídos por trás de um Load Balancer.

Scalability; apps na cloud podem escalar vertical ou horizontalmente. Isso significa que seu ambiente pode ser aumentado de acordo com aumento de tráfego, necessidade de mais memória ou processamento. Escala vertical aumenta o poder computacional aumentando ram e cpu da sua maquina virtual, enquanto que escala horizontal aumenta o poder computacional adicionando instancias de recursos, como adicionando VMs no seu ambiente atual.

Elasticity; é a capacidade de realizar scalability automaticamente, aumentando ou diminuindo seu ambiente da forma que for necessária pro seu negócio, de forma que você sempre tenha os recursos computacionais necessários, nem sobrando, nem faltando.

Agility; é ser ágil, rápido, colocar ou remover recursos no seu ambiente de cloud de forma rápida e dinâmica de acordo com a necessidade do seus apps.

Disaster Recovery; recuperação de desastre é a capacidade de se recuperar de desastres e o ambiente de cloud permite isso pois nele temos alta redundância de computadores, load balancers, várias zonas, poder computacional distribuído em várias regiões do mundo, o que garante que, se explodir o datacenter do Brasil, seus dados estarão replicados no datacenter dos Estados Unidos, por exemplo.

  • Identify the differences between Capital Expenditure (CapEx) and Operational Expenditure (OpEx)

    Capex; ou Capital Expenses, despesas de capital, são gastos antecipados de dinheiro com infra física e que depois é diluído ao longo do tempo que você faz uso dessa infra.

    Opex; cloud é sempre Opex, pelo menos pra o exame, foi o que eu ouvi nos vídeos e nos treinamentos oficiais que participei da Microsoft. Opex significa Operational Expenses, ou despesas operacionais, que nada mais são do que gastos com serviços ou produtos. Não há nenhum custo antecipado, pois você paga por um serviço ou produto conforme usa.
  • describe the consumption-based model

    O modelo de consumo do Azure opera de forma “pague conforme consumo”, onde você só paga pelos recursos que utilizar. Isso traz uma melhor previsão de custo, preços melhores porque você paga somente por exatamente o que você precisa e a cobrança só é feita de acordo com o uso. Alguns dos benefícios desse modelo de consumo são:
    – Não existem custos iniciais, você não precisa desembolsar uma grana logo de cara;
    – Não gasta dinheiro comprando infra que não será totalmente aproveitada;
    – Se precisar de mais recursos pode pagar apenas quando esses recursos forem necessários;
    – Se não precisar mais de recursos alocados pode simplesmente desalocar eles e parar de pagar por isso.

Describe the differences between categories of cloud services

fonte: https://docs.microsoft.com/en-us/learn/modules/fundamental-azure-concepts/types-of-cloud-computing

  • describe the shared responsibility model

fonte: https://docs.microsoft.com/en-us/azure/security/fundamentals/shared-responsibility

Illustration showing the cloud responsibility model.
responsabilidades compartilhada de acordo com tipos de cloud

O modelo de responsabilidade compartilhada muda de acordo com o tipo de serviço de cloud utilizado (IaaS, PaaS, SaaS).

Em um cenário de on-premises toda responsabilidade é do usuário, e a medida que passamos para nuvem a responsabilidade vai sendo transferida entre usuário e Microsoft.

  • describe Infrastructure-as-a-Service (IaaS),

IaaS nada mais é do que alugar recursos computacionais na nuvem, mas de forma que você tenha total controle do hardware que você alugou, ou seja, ao invés de comprar o servidor como fazemos no on-premises, você pode alugar ele na nuvem.

Nesse modelo a cloud vai manter seu ambiente de hardware atualizado, mas toda manutenção de app, sistema operacional, configuração de rede fica sob sua responsabilidade. Um exemplo de IaaS são as Virtual Machines.

IaaS é o serviço mais flexível da cloud, o objetivo aqui é te dar total controle sob o hardware.

Vantagens do IaaS são:
– Nada de CAPEX: você não tem custos iniciais, porque na cloud você só paga pelo que precisa e quando usar.
– Agility: rápido e fácil de adicionar ou remover recursos computacionais.
– Gerenciamento: aqui o modelo de responsabilidade compartilhada se aplica; o usuário gerencia e mantêm os serviços que ele provisiona e a cloud fica responsável por manter a infra.
– Skills: não precisa ter muita habilidade ou conhecimento pra usar os recursos computacionais da cloud, porque a parte de disponibilizar a máquina e a infra fica por conta da cloud.
– Flexibilidade: você pode configurar o hardware cedido pela cloud da forma que for necessário para o seu negócio.

  • describe Platform-as-a-Service (PaaS)

fonte: https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-paas/

No PaaS, assim como no IaaS você recebe a infra, mas além disso ainda recebe software, de forma que você não precisa se preocupar em comprar licenças de um SQL Server, por exemplo, ou de um sistema operacional.

PaaS é ainda mais ágil que o IaaS, uma vez que você não precisa mais configurar servidores e nem aplicações. PaaS permite que você foque no que é importante pra você, que é desenvolver suas aplicações. PaaS também facilita trabalhar com times distribuídos em diferente localidades, pois pode facilmente tornar a plataforma acessível a nível global.

  • describe serverless computing

Assim como PaaS, serverless computing permite como que desenvolvedores construam apps mais rapidamente eliminando a necessidade de qualquer controle de infra.

Nesse modelo de serverless computing claro que ainda existem os servidores por trás, mas eles são invisíveis para o desenvolvedor, a ideia é de que o dev foque tão e somente na app que ele está desenvolvendo e deixando a preocupação de quanto poder computacional, se vai precisar de mais ou menos servidores, se vai precisar de mais cpu ou ram para a cloud.

Nesse modelo de serverlerss computing o ambiente é altamente escalável e orientado a eventos, alocando ou desalocando recursos de acordo com os eventos mencionados.

O objetivo com serverless computing é aumentar a produtividade do time, trazer produtos mais rapidamente para o mercado e permitir que as empresas otimizem seus recursos e foquem na inovação.

  • describe Software-as-a-Service (SaaS)

No SaaS a cloud gerencia tudo, menos os dados e acessos, claro. Nesse modelo todos aspectos como, infra, virtual machines, recursos de rede, armazenamento de dados, sistemas operacionais e até mesmo a aplicação fica por conta da cloud, como gmail, spotify, netflix, por exemplo. Tudo que precisamos é inputar os dados.

No SaaS a app é provisionada pela cloud e geralmente apenas uma versão do app é disponibilizada para todos usuários e seu licenciamento é feito geralmente por uma mensalidade.

No SaaS temos a modalidade de pagamento “Pay as you go”, onde os usuários pagam de acordo com o modelo de assinatura, geralmente mensal ou anualmente, independente de quanto daquele app eles usaram ou não.

  • identify a service type based on a use case

fonte:
https://azure.microsoft.com/en-in/blog/how-i-choose-which-services-to-use-in-azure/
https://azure.microsoft.com/en-us/overview/what-is-cloud-computing/#uses
https://azure.microsoft.com/en-gb/overview/cloud-computing-dictionary/

tipos de cloud

Identificar um tipo de serviço com base num caso de uso. Aqui é conhecer bem os tipos de serviço disponíveis, como na imagem acima.

E se perguntar algumas perguntas, tipo “quanto controle eu preciso”, ou seja, preciso de um colocar isso num ambiente IaaS, ou PaaS, ou SaaS? Porque em cada um desses ambientes você vai ter responsabilidades e controles diferentes.

Também pode se perguntar “onde minha app deve rodar”? Tem que ser on-premises, ou pode ser na cloud? Leiam o artigo da fonte, ele explica melhor sob como tomar essas decisões.

Describe the differences between types of cloud

  • define cloud computing

fonte: https://azure.microsoft.com/en-us/overview/what-is-cloud-computing/

Falando de forma simples, Cloud Computing é a entrega de serviços de computação – incluindo servidores, armazenamento, bancos de dados, rede, software, análise e inteligência – pela Internet (“a nuvem”) para oferecer inovação mais rápida, recursos flexíveis e economias em escala. Normalmente, você paga apenas pelos serviços em nuvem que usa, ajudando a reduzir seus custos operacionais, administrar sua infraestrutura com mais eficiência e escalar conforme suas necessidades de negócios mudam.

Sao tipos de cloud computing: public, private e hibrida.

São tipos de serviços de cloud computing: IaaS, PaaS, SaaS.

Tipos de uso de cloud computing: Criar cloud-native applications; Armazenar dados, fazer backup de dados e recuperar dados; Stream de audio e video; Desenvolver software sob demanda; Testar e construir apps; Analisar dados; Desenvolver modelos inteligentes (IA)

Vantagens de se usar cloud computing: Custo, Agility, Scalability, Performance, Segurança, Produtividade, Confiabilidade

  • describe Public cloud

fonte: https://azure.microsoft.com/en-us/overview/what-is-a-public-cloud/

Existem 3 formas de se “deploiar” cloud computing, que são os tipos de cloud pública, privada e híbrida.

Na nuvem pública os serviços oferecidos estão disponíveis de forma pública, pra qualquer um que queira pagar por eles. Recursos de cloud como servidores e armazenamento são proprietários da cloud, operados pela cloud e disponibilizados na internet. Isso não quer dizer que qualquer um pode entrar na cloud e usar um serviço seu que esteja hospedado em uma nuvem pública.

Em cloud pública não tem gasto up-front, ou seja, você não precisa comprar infra nem nada logo de cara, você só vai pagar pelo que usar, quando usar. Recursos podem ser rapidamente e facilmente provisionados ou desprovisionados.

  • describe Private cloud

fonte: https://azure.microsoft.com/en-us/overview/what-is-a-private-cloud/

A cloud privada é criada pela empresa, dela pra ela mesma. Nesse modelo você vai precisar fazer todo investimento necessário pra criar um ambiente de cloud, vai ter que comprar os computadores, montar toda infra, a rede, armazenamento, ou seja, vai ter que desembolsar uma grana violenta logo de cara. Uma vez que essa cloud privada esteja pública ela pode fornecedor poder computacional pra sua própria empresa.

Clouds privadas podem estar no datacenter da própria empresa, ou também em datacenters de terceiros.

Em clouds privadas você tem controle de tudo, mas também fica responsável por tudo, como manutenção de hardware, updates, etc.

  • describe Hybrid cloud

fonte: https://azure.microsoft.com/en-us/overview/what-is-hybrid-cloud-computing/

Cloud hibrida é um ambiente de cloud que combina a cloud publica e a privada permitindo que dados e apps sejam compartilhados entre elas. Esse tipo de cloud é considerada a mais flexível e é a empresa que determina o que vai rodar aonde. Cloud hibrida é especialmente utilizada quando existem requerimentos específicos de segurança, compliance ou jurídicos.

  • compare and contrast the three types of cloud computing

fonte: https://docs.microsoft.com/en-us/learn/modules/fundamental-azure-concepts/types-of-cloud-computing

Quando comparadas as três diferentes tipos de ambiente de cloud nós temos quatro tópicos que valem a pena serem observados; sendo Custo, Segurança, Nível de Personalização/Configuração, Conhecimento Técnico necessário.

Traduzindo a imagem abaixo, para:

Public cloud;
– Custo: é a mais eficiente a nível de custo, isso porque somente os componentes necessários serão alocados e cobrados quando utilizados.
– Segurança: recebe controles de segurança padrão, que embora sejam muito bons podem não atender as necessidades do negócio.
– Nível de Configuração: só vai até onde o provedor da cloud permitir.
– Conhecimento técnico: não precisa de muita coisa, só mesmo do que você vai fazer. Toda infra, updates, hardware, etc, fica por conta da cloud.

Private cloud;
– Custo: o mais caro, aqui você tem que criar seu datacenter, ou precisa alugar um datacenter dedicado.
– Segurança: é tão segura quando sua equipe de TI conseguir deixar seguro… porém pode atender perfeitamente as necessidades do negócio.
– Nível de Configuração: total e flexível, de acordo com tudo que você quiser, só comprar e instalar.
– Conhecimento técnico: precisa de grande e profundo conhecimento técnico pra todos níveis do ambiente.

Hybrid cloud;
– Custo: pode ser mais ou menos cara, a depender do quanto você vai utilizar de private ou public cloud.
– Segurança: você vai precisar garantir que sua conexão entre a privada e a pública esteja segura, mas isso também te dá possibilidade de atender todas as regras de segurança desejadas pelo seu negócio.
– Nível de Configuração: o melhor dos dois mundos, você pode ter a flexibilidade da cloud privada e também da pública, vai depender de onde você quer colocar seus serviços/apps.
– Conhecimento técnico: continua sendo alto, porque você ainda precisa configurar toda sua cloud privada e ainda garantir conexão segura com a cloud pública.

Referências

https://docs.microsoft.com/en-us/learn/modules/fundamental-azure-concepts/benefits-of-cloud-computing

https://docs.microsoft.com/en-us/learn/paths/az-900-describe-cloud-concepts/

https://www.exampro.co/az-900

https://www.udemy.com/course/introducao-ao-microsoft-azure-certificacao-az-900/

Publicado por Pedro Carvalho

Apaixonado por análise de dados e Power BI.

Um comentário em “Azure AZ-900 Describe Cloud Concepts (20-25%)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: